quinta-feira, 2 de abril de 2009

Lendo do Lis e do Lena


Nasceu o rio LIS junto a uma serra
No mesmo dia em que nasceu o LENA
Mas com muita Paixão, com muita Pena,
De seu berço não ser na mesma Terra.
.
Andando, andando alegres, murmurantes,
Na mesma direcção ambos corriam;
Neles bebendo, as aves chilreantes
Cantavam esse amor que ambos sentiam.
.
Um dia já espigados, já crescidos
Contrataram casar, de amor perdidos
Num Domingo, em LEIRIA de mansinho...
.
Mas LENA, assim a modo envergonhada
Do povo, foi casar enfeitada
Com o LIS mais abaixo um bocadinho.
.
JOSÉ MARQUES DA CRUZ
1888-1958
Posted by Picasa

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Leiria, Portugal
Um Viseense tão Leiriense como os que o são... O que me vai ocorrendo...